Minas de Barqueiros, S.A., é concessionária através de contrato celebrado com o estado português, de uma área de 200 hectares que se estende sobre o depósito mineral do tipo sedimentar de Barqueiros - 35 km a norte do Porto - Portugal. Este depósito é constituído essencialmente por areias cauliníticas, precedidas a poente por um nível de seixo quartzítico que diminui de espessura até desaparecer no sentido nascente.

Os níveis caulínicos vão de graus de brancura extremamente elevados a amarelos, sendo o método de extração através de escavação e transporte para os locais de stock ou lavaria o mais adequado, de forma a permitir uma boa selecção do material bruto.
O Caulino é extremamente fino e a areia siliciosa de grão arredondado. A areia dos níveis mais brancos tem um teor de ferro extremamente reduzido.

O seixo quartízico é branco, apresentado por vezes manchas e estrias ténues que quando molhado se evidenciam, sendo assim designado de seixo camaleão. Este seixo existe em vários tamanhos.

A empresa associada, Campados - Caulinos do Norte, S.A., é concessionária de uma área de 100 hectares em jazigo de caulino primário ou residual, de graulometria mais grosseira de tom branco a amarelo e areia siliciosa mais angulosa, apresenta baixa percentagem de mica e feldspato.
O método de extração é idêntico ao de Minas de Barqueiros.

No seu conjunto Minas de Barqueiros e Campados, possuem milhões de toneladas de reservas brutas de caulino.